Trânsitos

Miragem às avessas, “Trânsitos” trafega no sentido inverso da imagem que, quanto mais próxima da vista, mais se desvanece. À certa distância, acredita-se estar diante de uma estampa que remete às padronagens dos antigos Toiles de Jouy, mas semelhança não dura muito tempo. Afinal, “Trânsitos” não busca mimetizar uma modulação clássica e recheá-la com temáticas atuais para, assim, despertar sedutores perfumes nostálgicos: o sintético, o esquemático, não se sustenta na São Paulo polifônica e fragmentada que oferece múltiplos percursos, sem nunca indicar com clareza onde exatamente ficam suas placas de entrada ou saída.

A estampa deu origem a uma série de 16 produtos — divididos entre peças de cerâmica, tecido e papelaria.

Tiragem limitadíssima, à venda na Loja MO.D em São Paulo/SP.